Publicada em 07/02/2012 às 23h00. Atualizada em 06/03/2012 às 16h46

Atividade física: Precisando de um incentivo?

Saiba quais fatores levar em conta na hora de escolher o seu exercício

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

O começo de ano é sempre uma boa época para deixarmos a preguiça e o sedentarismo de lado e incluirmos a prática de uma atividade física em nossa rotina diária. Se, durante o ano de 2011, você prometeu que começaria a se exercitar, mas o tempo passou e você não se mexeu, ou se sua disposição durou apenas alguns dias, não deixe que essa história se repita em 2012 e adote um estilo de vida mais saudável.

Como é bastante difundido, a prática regular de exercícios físicos pode trazer inúmeros benefícios à saúde, sejam eles fisiológicos (das funções), morfológicos (das estruturas),  metabólicos (da energia) e até psicológicos. Entretanto, não basta apenas ter isso em mente na hora de começar a se exercitar. 
Para começar e não desistir, o primeiro passo é decidir voluntariamente por um estilo de vida mais ativo e saudável. Iniciar uma atividade apenas por pressão dos amigos, familiares ou namorado(a) não costuma gerar um comprometimento a longo prazo. 

 

 

Leia mais:

Você não pode pagar uma academia e precisa ficar em forma?

Você sabe quais são as principais causas da hipertensão? 

"Traçar os seus objetivos e metas com a prática da atividade física é uma importante etapa".



Traçar os seus objetivos e metas com a prática da atividade física é uma importante etapa. Pretende perder peso corporal? Ganhar massa muscular?   Controlar o nível do estresse ou melhorar o condicionamento físico? Responder algumas questões de forma sincera pode ajudar a encontrar um caminho para o que fazer. Entretanto, é preciso ter em mente que nenhuma forma de exercício contempla todos os tipos de objetivos, por isso a importância de se informar sobre a coerência entre os próprios objetivos e exercícios a serem praticados.

"...preste atenção no que realmente gosta. Ninguém costuma manter atividades com as quais não se identifique".

Durante essa fase, preste atenção no que realmente gosta. Ninguém costuma manter atividades com as quais não se identifique. Desse modo, encontre exercícios que promovam alegria, divertimento e satisfação pessoal. É importante conhecer uma prática antes de decidir fazê-la ou pagar para fazê-la. Presenciar uma aula ou mesmo assistir a vídeos na internet pode contribuir para uma decisão acertada de praticá-la ou não.

Cabe destacar que as pessoas desistem de fazer exercícios por muitos motivos. Fazer atividades físicas de forma regular é um comportamento. Muitas variáveis podem influenciar positiva ou negativamente esse comportamento, como a própria disposição/prontidão para a prática de exercícios, fatores socioeconômicos e até a percepção da mudança.

Alguns fatores negativos também já são conhecidos, como a falta de apoio do cônjuge, clima, trabalho exaustivo, distância, lesão, elevada intensidade de exercício, falta de variação, exercitar-se sozinho, automotivação precária, ansiedade, dentre outros.  

Compartilhe
 

Redes Sociais