Publicada em 29/12/2015 às 12h12. Atualizada em 29/03/2016 às 17h11

Conheça algumas verdades sobre depilação

Ela pode provocar infecção na pele? Os pelos protegem a vagina contra infecções?

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Nosso mecanismo natural está pronto, ou seja, o pelo está ali para proteção do organismo. Se ele é retirado, a pele fica mais exposta, o que facilita a entrada de agentes infecciosos.



Os pelos, assim como o nosso cabelo, funcionam como uma defesa para o nosso organismo e a depilação total pode comprometer essa proteção, favorecendo alergias e infecções vaginais.

A depilação com cera ou lâmina deixa a pele com os poros entre abertos ou até mesmo com pequenas fissuras favorecendo infecções. 

Mulheres que têm a pele mais sensível e fazem depilação, principalmente com cera, podem sofrer com a dificuldade do pelo em crescer normalmente, gerando a foliculite (pelos encravados). Já na depilação por lâmina o problema mais comum é a alergia. 

Deve-se procurar um dermatologista para tratamento e orientação, sendo indicada, em alguns casos, a depilação definitiva a laser na virilha, que é o local mais acometido pela foliculite. 

Todos os métodos clássicos de remoção do pelo como pinça, cera ou lâmina podem causar irritação na pele e a pessoa corre o risco de ter uma inflamação.

Dicas:

Utilize material liso, lavável, impermeável ou descartável; 

Evite depilar quando há lesões na pele;

Nunca reutilize a cera; 

Coloque para esquentar apenas a quantidade de cera que será utilizada na pele.



Compartilhe

Saiba Mais

    Serviços Gratuitos
    • Hospital Humberto Castro Lima - Rua Pedro Lessa - nº 118 - Canela - CEP 40.110-050 - Salvador - Bahia Telefone: (71) 3173.8200.


     

    Redes Sociais