Publicada em 30/10/2012 às 00h00. Atualizada em 20/01/2015 às 10h04

Doenças reumáticas só atacam pessoas idosas? Veja alguns mitos e verdades sobre o assunto.

O iSaúde Bahia conversou com o reumatologista Dr. Jozélio Carvalho e esclareceu para você alguns mitos e verdades sobre o assunto.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Muito se fala sobre elas. Mas o que realmente você sabe sobre as doenças reumáticas? A fim de elucidar alguns mistérios sobre o assunto, o iSaúde Bahia entrevistou o médico reumatologista Dr. Jozélio Carvalho que também nos confirmou alguns mitos e verdades sobre enfermidades como artrite, lúpus, gota e outras. Confira!

iSaúde Bahia -  O que trata o reumatologista? Quais as principais doenças relacionadas?

Dr. Jozélio Carvalho
 - O reumatologista é o clínico do sistema osteomusculoarticular e trata de dois grupos principais de doenças. O grupo das doenças degenerativas e metabólicas que compreende a osteoporose, a artrose, lombalgias, tendinites, bursites, gota. O segundo grupo abrange as doenças autoimunes que inclui o lúpus, miosites, esclerodermia, síndrome antifosfolipide (abortos e tromboses) e outras.

iSB  - O que é artrite? Existe mais de um tipo?

Dr. Jozélio Carvalho 
- A artrite é a inflamação de uma articulação e se caracteriza por dor associada a inchaço, calor local ou vermelhidão da articulação. É um sinal clínico presente nas doenças inflamatórias. O paciente deverá procurar o reumatologista para fazer o diagnóstico e, em seguida, o acompanhamento da doença reumatológica ele tem.

iSB  - O que são artrose e gota?

Dr. Jozélio Carvalho
 - Artrose é uma doença degenerativa das articulações. Acomete principalmente as mulheres e, geralmente, a partir dos 45-50 anos de idade. Acomete mais os joelhos, quadris, coluna e dedos das mãos.

A gota é uma doença causada pela elevação do ácido úrico e se caracteriza por crises de dor mais inflamação, inicialmente no dedão do pé e, com o tempo, em outras articulações como tornozelos, dorso dos pés, joelhos e outras.

iSB  - O que é lúpus?

Dr. Jozélio Carvalho
 - O lúpus é a doença considerada modelo de doença autoimune, ou seja, existe a presença de células e de anticorpos que atacam componentes do próprio corpo como as articulações, a pele, as membranas que envolvem o coração e pulmões, os rins e outros órgãos.

iSB - Quais as principais causas das doenças reumáticas?

Dr. Jozélio Carvalho
 - Em geral, são desconhecidas. Embora se saiba que existe um componente genético que se associa ao ambiental, tais como a obesidade induzindo a artrose, o tabagismo induzindo a artrite reumatoide, o uso de medicações, tais como anticoncepcionais, no lúpus. Esses são alguns exemplos, embora se saiba que há pessoas com artrose sem serem obesas, que têm artrite reumatoide e nunca fumaram e têm lúpus e nunca usaram anticoncepcionais. São apenas alguns das dezenas ou centenas de fatores identificados.
 
iSB - O que é febre reumática?

Dr. Jozélio Carvalho
 - A febre reumática ocorre após uma infecção de garganta (amigdalite) estreptocócica, após cerca de  três semanas, quando o paciente jovem (dos 5 aos 15 anos de idade) irá apresentar inflamação das articulações e, em alguns casos, comprometimento das válvulas do coração. Devido à presença da bactéria estreptococo, o indivíduo irá fazer uso de penicilina benzatina de forma prolongada.

iSB  - Quais os principais tratamentos?

Dr. Jozélio Carvalho
 - Depende de cada doença, há tratamentos específicos para cada uma delas, desde o uso de medicações orais, injeções, a infiltrações, pulsoterapia, fisioterapia, terapia ocupacional, atividade física e outros.

iSB - A fisioterapia pode ser considerada um tipo de tratamento?

Dr. Jozélio Carvalho
 - Sim, claro. A fisioterapia pode ser empregada na maioria dos casos reumatológicos em conjunto com o tratamento clínico.



MITOS E VERDADES

1 - Doenças reumáticas só atacam pessoas idosas.
Mito. Há doenças como a artrite reumatoide juvenil que pode  iniciar-se aos três anos de idade, a febre reumática dos 5 aos 15 anos, o lúpus a partir da adolescência até os 50 anos, a artrite reumatoide a partir dos 45 anos.

2 - O frio piora o quadro do paciente de artrite.
A maioria das pessoas se queixa desse fato. O que se sabe de estudos é que alterações da pressão atmosférica, muito mais do que a temperatura, influenciam a dor articular, o que é comum em elevadas altitudes onde a pressão atmosférica é alta e a temperatura também mais baixa. 

3 - Mulheres sofrem mais de doenças reumáticas que homens.
Verdade. A maioria das doenças reumáticas acomete mais as mulheres. Mas, existem doenças que predominam nos homens como a gota.

4 - Dor nas articulações é sinal de doença reumática.
Em geral, sim. O médico reumatologista deverá ser procurado rapidamente para avaliação desse sintoma.

5 - Doenças reumáticas deixam o paciente estéril.
Algumas doenças reumáticas podem gerar esterilidade por comprometimento das gônadas (testículos e ovários), mas é algo raro de ocorrer.

6 - Doenças reumáticas incapacitam o paciente e deve parar de trabalhar.
Mito. Quando bem tratadas e acompanhadas, o indivíduo pode ter sua vida normal ou próxima à normalidade.

7 - Atividade física é contraindicada a pacientes com doenças reumáticas.
Mito. Ao contrário. A atividade física acompanhada por profissionais qualificados está indicada nesses pacientes.

8 - Doenças reumáticas não têm cura.
Mito. Algumas doenças reumáticas como artrite gonocócica, tendinites, bursites têm cura. As outras doenças reumatológicas podem ser muito bem tratadas deixando a  vida do paciente normal ou próxima ao normal, quando seguem as orientações do reumatologista.

9 - Algumas doenças reumáticas são contagiosas.
Mito.

10 - Doenças reumáticas deixam o paciente com deformidades.
Podem deixar quando demora o diagnóstico e o início do tratamento. Portanto, quando a pessoa apresentar dor ou inflamação da articulação (calor local ou vermelhidão) deve procurar imediatamente o reumatologista.
 

Compartilhe

Autor(es)

  • Jozélio Freire de Carvalho / CRM BA 23165

    Jozélio Freire de Carvalho é graduado, pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Pós-Doutor pelo Center for Autoimmune Diseases do Sheba Medical Center, afiliado à Universidade de Tel-Aviv, Israel. Livre Docente pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Diretor científico da Sociedade de Reumatologia da Bahia. Atua no Centro Médico do Hospital Aliança, em Salvador, Bahia. Autor de 40 capítulos nacionais e internacionais em livros de medicina. Editor de quatro livros médicos. Já publicou 180 artigos científicos internacionais. Possui experiência em Reumatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: imunobiológicos, síndrome antifosfolípide, lúpus eritematoso sistêmico, doenças do tecido conjuntivo, doenças reumatológicas da infância e da adolescência, auto-imunidade, auto-anticorpos, dislipidemia e aterosclerose.

Serviços Gratuitos
  • Ambulatório Docente-Assistencial da Bahiana (ADAB)
    Tel.: (71) 3276 8200
    End. Av. D. João VI, 275, Brotas, Salvador, Bahia, CEP. 40.290.000
  • Hospital Universitário Prof. Edgard Santos (HUPES)
    Tel: 3283-8392
    Rua Augusto Viana S/N, Canela, Salvador, Bahia - Cep 40.110-060
 

Redes Sociais