Publicada em 31/05/2012 às 00h00. Atualizada em 31/05/2012 às 11h09

Entenda o que são os alimentos termogênicos e de que forma eles lhe ajudam a emagrecer

Eles aumentam o gasto calórico e o metabolismo de seu organismo.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

"Na verdade, todos os alimentos são termogênicos por definição, porém uns possuem uma capacidade maior de elevar o gasto calórico do que outros". 

Os alimentos termogênicos são aqueles que apresentam maior nível de dificuldade para ser digerido e absorvido, o que acarreta um gasto calórico maior quando comparados a outros alimentos. Na verdade, todos os alimentos são termogênicos por definição, porém uns possuem uma capacidade maior de elevar o gasto calórico do que outros. Além disso, os termogênicos podem apresentam, em sua composição, algumas substâncias específicas, em sua grande maioria, estimulantes do Sistema Nervoso Central, que induzem o aumento do gasto energético e aceleram o ritmo com que o  metabolismo trabalha.

 A principal vantagem desse tipo de alimento é o aumento do gasto energético, o que pode ajudar na perda de peso, mas alguns alimentos como gengibre, pimenta vermelha e o chá-verde, entre outros, possuem também propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e até mesmo anticancerígenas. Apesar dos benefícios comprovados para alguns alimentos, existem certas substâncias cuja quantidade ideal para exercer algum efeito sem oferecer riscos à saúde ainda não foi averiguada pelos estudos científicos.     

Os principais alimentos termogênicos e seus respectivos princípios ativos conhecidos atualmente são: café e guaraná (cafeína), chá-verde (catequinas), gengibre (gingeróis), cacau (teobromina), laranja-amarga (sinefrina) e a pimenta-vermelha (capsaicina).   

O consumo desses alimentos ajuda a queimar algumas calorias a mais, mas ao contrário do que se pensa, eles sozinhos não irão promover perda de peso acentuada, ou seja, de nada adianta consumi-los se a dieta não estiver equilibrada. Aliada a isso, a prática regular e orientada de exercícios físicos potencializa ainda mais o efeito termogênico. No caso de quem já se exercita regularmente, consumir esse tipo de alimento pode ser uma alternativa interessante para ajudar a emagrecer ou até mesmo para melhorar o desempenho nos exercícios.

Embora os alimentos termogênicos ofereçam tantos benefícios, algumas observações são importantes para que sejam consumidos com segurança para a saúde. Quando consumidos em excesso, podem exercer efeitos negativos sobre a saúde como: dor de cabeça, tontura, insônia (caso consumidos próximo ao horário de dormir) e, em casos mais graves, dependência.  Podem também ser prejudiciais para hipertensos e cardiopatas por terem a capacidade de acelerar os batimentos cardíacos. Pessoas com depressão e ansiedade clínica também devem ter cuidado ao ingerir esses alimentos, além das gestantes e lactantes.

"Quando consumidos em excesso, podem exercer efeitos negativos sobre a saúde como: dor de cabeça, tontura, insônia (caso consumidos próximo ao horário de dormir) e, em casos mais graves, dependência".

Existem também os suplementos termogênicos Estes estão na moda e são vendidos como verdadeiras pílulas emagrecedoras milagrosas. A ação desses suplementos é semelhante à ingestão dos alimentos termogênicos, porém é muito mais forte, uma vez que os princípios ativos estão isolados e altamente concentrados nessas cápsulas. Geralmente esses suplementos reúnem diversas substâncias para um efeito termogênico mais forte e completo, com esses ingredientes agindo sinergicamente. O efeito emagrecedor só é perceptível, na maioria dos casos, quando há hábitos alimentares saudáveis e prática regular de exercício físico, ou seja, não há milagre algum. 

Muitos desses suplementos são usados para dar mais energia durante o exercício, por causa da sua formulação baseada em estimulantes. Com efeitos adversos semelhantes aos alimentos termogênicos, esses produtos devem ser prescritos por um nutricionista ou um médico para que sejam consumidos de maneira segura e de acordo com suas necessidades. Outra dica é sempre comprar produtos com registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), pois existem muitos suplementos termogênicos proibidos no Brasil que podem causar sérios danos à saúde.

Compartilhe

Autor(es)

  • Bruno Dias da Costa / CRN-5/6471

    Nutricionista pela Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Participou de Projetos de Pesquisa elaborados pelo Núcleo de Estudos do Fígado da Bahia (NEF-BA). Professor convidado de Nutrição Esportiva para o curso de Fisioterapia da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Experiência em atendimento em nutrição clínica e esportiva com atletas profissionais e amadores.

Serviços Gratuitos
  • Ambulatório Docente-Assistencial da Bahiana - ADAB
    Tel.: (71) 3276 8200
    Av. D. João VI, 275, Brotas, Salvador, Bahia, CEP. 40.290-000
  • Centro de Estudos e Atendimento Dietoterápico - Cead
    Universidade do Estado da Bahia - UNEB
    Tel.: 71 3117-2200, Rua Silveira Martins, 2555, Cabula,Salvador,Bahia, CEP: 41.195.001
  • Consultório Dietético
    Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia
    Tel.: (71) 3283-7714 / 7700
    Av. Araújo Pinho, nº32, Canela, Salvador, Bahia
 

Redes Sociais