Publicada em 30/10/2017 às 17h37. Atualizada em 03/11/2017 às 09h48

Nutricionista e nutrólogo: você sabe a diferença?

Conheça as especificidades de cada profissão e saiba quem você deve procurar.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Cuidar da saúde do corpo é dever de todos nós. Como resultado de uma alimentação correta e da prática de exercícios físicos, é alcançado um corpo bonito e saudável. Dietas mirabolantes que prometem emagrecimento rápido devem ser olhadas com ressalvas. Para ter um corpo bonito, o fundamental é manter uma dieta balanceada. Quando o objetivo é encontrar um profissional que auxilie na prescrição de dietas, surgem as dúvidas: quem procurar, o nutricionista ou o nutrólogo? O que faz cada um desses profissionais? Como eles agem? 

“O nutricionista é o profissional que tem como principal função contribuir para a saúde dos indivíduos e da coletividade. Cabe a ele o diagnóstico nutricional elaborado a partir de dados clínicos, bioquímicos, antropométricos e dietéticos, além da prescrição dietética e da educação nutricional a pacientes sadios ou enfermos” (Lei nº 8.234, de 17 de setembro de 1991).

As principais áreas de atuação do nutricionista são:

 UAN (Unidade de Alimentação e Nutrição): faz a seleção de funcionários, controle de estoque, custos de mercadorias, elaboração de cardápios balanceados. Exemplo: restaurantes, lanchonetes, serviços de buffet;

Nutrição Clínica: hospitais, clínicas, consultórios, bancos de leite humano, home care;

Saúde Coletiva: atividades de alimentação e nutrição voltada a programas institucionais de atenção básica e vigilância sanitária.

Além disso, entre outras atividades, o nutricionista pode atuar na docência, na indústria de alimentos, nutrição esportiva, entre outros.

Já os nutrólogos são médicos especializados em nutrição. Esses profissionais procuram orientar sobre alimentação equilibrada para manutenção da saúde, recuperação de nutrientes em déficit no organismo, redução do risco de doenças crônicas não transmissíveis (diabetes, obesidade, câncer e hipertensão) e acompanhamento de pessoas com necessidades específicas, como atletas, idosos e crianças.

Por ser formado em medicina, o nutrólogo pode receitar remédios, quando houver necessidade, mas não pode prescrever dietas. Já o nutricionista pode fazer uso de suplementos e fitoterápicos desde que relacionados ao campo da nutrição.

Resumindo, cada um desses profissionais são importantes e complementares para a prevenção, tratamento e manutenção da saúde. Veja quais são suas necessidades e fique com saúde e corpo em dia!

Compartilhe

Saiba Mais

     

    Redes Sociais