Publicada em 05/06/2013 às 00h00.

Você sabe como ajudar uma pessoa que está tendo um Infarto Agudo do Miocárdio (IAM)?

Confira algumas dicas para ajudar uma pessoa nesse momento crítico de sua vida.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Saber reconhecer que uma pessoa está tendo um Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) é muito importante, pois assim ela será direcionada para um atendimento especializado que irá proporcionar melhores chances de sair do episódio com vida e sem maiores sequelas. 

O que é Infarto Agudo do Miocárdio (IAM)? 

É a morte das células do miocárdio (músculo do coração) devido ao comprometimento do fluxo sanguíneo nas artérias coronárias (vasos do coração). Isto ocorre, na maioria das vezes, devido a alguma placa de gordura ou um coágulo de sangue que fecha o vaso por onde passa o sangue com nutrientes e oxigênio. O IAM, pode ser causado também por sangramentos intensos, anemia e pressão arterial baixa ou ainda pelo uso de cocaína. 

Quais são os fatores de risco? 

Estão intimamente ligados ao estilo de vida e hábitos alimentares. A hipertensão arterial, obesidade, diabetes e colesterol elevado são os principais fatores. O histórico familiar de doenças coronarianas e de infarto também é um importante fator de risco. O estilo de vida com estresse também que pode levar a um IAM. 

Como prevenir? 

Sem dúvida a melhor maneira de prevenir o IAM é adotar um estilo de vida saudável, através da prática de exercícios físicos e uma alimentação saudável. Tratar sob orientação médica a hipertensão e a dabetes, fazendo uso regular da dieta e das medicações.

Como reconhecer um possível IAM?

Caso uma pessoa refira dor no peito (podendo ser de desconforto e, até mesmo, em aperto) deve procurar identificar se é portador de um dos fatores de risco. 

"O sintoma clássico do infarto é a dor no peito podendo ser irradiada para o braço esquerdo, mas também, para a região do rosto ou abdome".

 

O sintoma clássico do infarto é a dor no peito podendo ser irradiada para o braço esquerdo, mas também, para a região do rosto ou abdome. Algumas pessoas também apresentam falta de ar, náuseas, ansiedade, indigestão, pele fria, pálida e úmida. 

O que fazer se alguém estiver tendo um infarto? 

Ao se deparar com uma situação de possível infarto, a pessoa deve ser atendida com a maior brevidade em um serviço de saúde.

A emergência deve ser rapidamente acionada através do serviço de atendimento móvel – o SAMU, que irá avaliar a situação e dará o encaminhamento necessário.

"A emergência deve ser rapidamente acionada através do serviço de atendimento móvel – o SAMU, que irá avaliar a situação e dará o encaminhamento necessário".

 

Caso seja possível, leve a pessoa até uma unidade hospitalar de emergência como o Hospital Geral do Estado, Hospital do Subúrbio, Hospital Ernesto Simões Filho ou Hospital Geral Roberto Santos. 

Enquanto a pessoa não for atendida por profissionais de saúde, não dê nada para ela beber ou comer e, se possível, mantenha-a aquecida. Transmita-lhe calma. Acione o SAMU-192 ou a encaminhe ao serviço médico. 

Compartilhe

Autor(es)

  • Marilaine Menezes Ferreira / COREN-Ba 32591

    Enfermeira, mestre; docente nos componentes curriculares de Primeiros Socorros e Paciente Crítico do curso de Enfermagem da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Docente orientadora da Liga Acadêmica de Primeiros Socorros.

  • Liga Acadêmica de Primeiros Socorros

    Liga Acadêmica de Primeiros Socorros /

    Componentes: Brisa Silva Santos – Diretora financeira da LAPS; graduanda em Enfermagem.
    Diana Vasconcelos de Sá – Diretora administrativa da LAPS; Graduanda em Enfermagem.
    Elisabete Rodrigues Gama – Diretora de RH da LAPS; graduanda em Enfermagem.
    Renata Luzia de Lima Costa – Presidente da LAPS; graduanda em Enfermagem.
    Rosemeire Moreira Menezes – Vice-Presidente da LAPS, graduanda em Enfermagem.
    Lídia Cíntia de Jesus Silva – Membro efetivo da LAPS, Graduanda em Enfermagem.

Serviços Gratuitos
  • UPA Plataforma
    Tel.: (71) 3398-3035
    Rua Antônio Balbino s/nº, Plataforma, Salvador, Bahia.
  • UPA Piraja
    Tel.: (71) 3117-2544
    Rua Oito de Novembro, s/nº, Pirajá, Salvador, Bahia, Cep:40.290-200.
  • UPA São Caetano
    Tel.: (71) 3214-8945
    Rua Ane Mariane s/nº, São Caetano, Salvador, Bahia, Cep: 40.391-286.
 

Redes Sociais